sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Henrique von Zuccalmaglio

"Um homem e uma história"
Um dia um menino roubou uma fruta na cozinha de sua casa, por conta disso foi mandado um internato pra bem longe desta...
O tempo fez que esse menino se fizeste homem e corresse quase todos os continentes. Falesse cinco línguas, percorreu a America do Norte e depois veio ao Brasil .. a terra prometida pra muitos estrangeiros e pra fazer novas riquezas...( isto por volta de 1890..)
No Rio Grande do Sul, na cidade de Rio Grande, foi gerente do Banco Francês. Homem influente e provavelmente muito altivo como o povo de sua terra a Alemanha....
Nesta terra brasileira conheceu a senhora Margarida com teve uma bela familia, teve três moças e um primogenito gêmeo com uma dessa moças.
Assim é o iníco da família Von Zuccalmaglio no Brasil.
Bem, o tempo que viveu em Pelotas não foi muito longo.. e logo resolveu levar a familia pra Taquara onde teve uma olaria com um socio que não foi honesto com ele e roubou quase tudo o que tinha. Neste tempo ... a sua filha mais velha viria de volta ao Brasil ápos alguns anos estudando na Alemanha e um grave acidente se abateu sobre esta filha, foi "atropelada" pelo trem na estação já na sua volta em direção ao embarque de um navio ao Brasil...
A vida nestes tempos de 1928 não eram faceis pra esta família...
Em 1940 com a 2ª guerra Mundial novo caus se abateu ...
O velho Henrique foi preso por ser alemão em terras brasilis. Não bastava ter filhos brasileiros tinha que ser nato. Em tempos que o Brasil não se definia que lado devia lutar, era hora de tomar de quem eles achavam que eram contra o estado ou afavor daquilo que eles mesmo não tinham noção. O pouco que o Henrique ainda tinha foi lhe tomado .. a dignidade como homem como cidadão do mundo.
Após longos 3 anos ele foi solto , mas seus bens nunca foram devolvidos aos seus herdeiros.
Aos Seus filhos
 Valerie, Paula Bertha, Gertrudes e Oscar
A lembramça de um homem que deixou saudades e que sempre falou que sem educação e perseverança ninguem vai a lugar algum.
Sonhar é mais que preciso, é necessario pra conhecer seus proprios obejtivos e traças metas e se fazer vencedor.
Ao meu bisavó que nunca vi nem em foto
mas que me orgulho de sempre lembrar
A minha avó mãe de minha mãe que tinha orgulho deste pai, que teve que dar cada um deste filho educados por pessoas diferentes por varios problemas, fez que todos o lembrassem dele com uma certa ternura ao mesmo tempo temor.
Henrique, que sua lição de vida continue sendo lembrada até a sua ultima geração.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Lendas e histórias

Todos os dias escuto histórias e algumas lendas sobre fatos ou coisas intrigantes. Coisa que muitas vezes não acredito .. ou penso em não acreditar.
Eu também tenho muitas histórias fantasticas que pra mim já viraram lendas...
Todos os dias que chego no ao Barrashopping a primeira coisa que faço é observar as montanhas da Floresta da Tijuca, na sua face leste, logo a minha esquerda. Do outro lado esta o Maciço da Pedra Branca, zona oeste, logo a minha direita. A imagem da floresta da tijuca de cara para pedra da Gavéa e a Pedra Bonita, são algo reconfortante e sempre surpreendente. Ontem a paisagem estava limpa de nuvens pela manham. Hj tudo estava encoberto. Isso me deixou meio triste.
As montanham são parte da minha história pesssoal de vida.
Lembro smepre de uma vez que começamos uma caminhada chamada Represa dos Ciganos, uma pequena travessia, que ia do alto da Tijuca até a estrada Grajáu-Jacarépagua. O Dai começou com muito sol, mas no meio do caminho caiu uma serração muito forte que não viamos nada além de um palmo na frente do nariz... bem na tentativa ianda de chegarmos até o outro lado continuamos andando... a chuva veio forte, muito forte igual a de ontem a noite, só que ao meio dia, lembro de escutar muitas árvores caindo e muitos barulhos estranhos, fiquei muito apreensiva. com a chuva a serração diminui um pouco .. mas ainda estava muito dificil de andar no meio da floresta. Resolvemos parar numa clareira e esperar um pouco, uma das pessoas do grupo me ofereceu um gole de wisky, não aceitei. O frio já era sentido graças as roupas completamente enchacardas. Após uns 20 mim, resolvemos voltar de onde viemos. Sem muito nos lamentar, mas preocupadas para que nã ocaisse nunhuma árvore sobre nós ou tivesses que desviar de alguns animal assutado com a chuva....
Sim, após 1 horas de descida, chegamos de onde partimos. E por incrivel que pareça estava tudo seco, nem uma gota de chuva ou sinal de neblina.... Lenda? Não.
Pa completar isso ainda conseguimos uma carona muito doida de um micro onibus limpinho que parou pra nós e nos deixou na praça Sans Pena.
Bem se ontem eu cheguei em casa como um pinto molhado, na ocasião desta caminhada eu cheguei igual a um peixei, só faltou o áquario... srssrrs
Outro dia lembro de outras histórias incriveis

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Com o tempo se esvai...

Lá fora faz um sol quente e profundamente alegre para mais uma quinta feira.
Aqui dentro, na sombra e no poder do ar condicionado, no abrigo das intempestades do mundo lá fora, fico na espera do Sol que venha alegrar dentro de mim.
Dias vem e vão como as ondas do mar, uns dias são fortes e intensos e outros calmos e aprazíveis... Assim como as ondas que vão escavando as rochas da encosta e as que ficam submersas no oceano, assim são os dias que vão consumindo nosso corpo e o nosso espírito; lapídando nosso ser.
Com o tempo tudo se esvai, se torna pó e deixa de existir. Vira areia da praia onde talvez nunca ousaremos pisar...
O Amor também se esvai com o tempo se não for bem cuidado.
As amizades também, se não forem verdadeiras o tempo as derruba.
Se o desejo não for sincero, o tempo condensa.
Se a felicidade não for no instante em que se torna real, ela nunca existirá na sua vida.
O Tempo há tudo compensa, transforma. Mas não consegue conservar nem o cheiro e nem o sabor da fruta e nem do amor.
Fica seco.
Perece.
Eu ainda to aqui na espera do poder da conservação terrena, quando tudo que plantamos realmente dê frutos bons e se encarregue de gerar novas arvores.
Levemos nossos corações aos altos e entreguemos ao serviço do amor pleno para que consigamos conservar o que ainda nos resta.
Desejo a todos um Natal Iluminado.
Que o maior presente, não seje aquele que vc mais desejou ganhar, mas o inesperado aquele que no seu interior foi suprimido e que alguém ou alguma coisa trouxe até vc.
Seja este presente a nova vida, o renascimento. Seja um novo amigo, seja um novo desafio. Seja uma nova colheita. Seja um novo amor, seja um novo filho, seja um novo genro, seja uma nova nora. Seja um novo projeto, seja uma casa. Seja um novo abraço, seja um novo beijo , seja apenas um novo sorriso. Seja apenas uma supresa que não cabe em bolso nenhum.
Pax et buon
Aos meus amigos
Lembrem-se
Que a maior coisa nesta vida são verdadeiras amizades e elas são somente reconhecidas nas grandes atribulações e nos momentos mais felizes.

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

O que faz você feliz?

O que faz vc feliz?!
A lua, apraia, o mar
Uma rua, passear
Um doce, uma dança, um beijo,
ou goiabada com queijo...

Afinal, o que faz vcoce feliz?
Chocoalte, paixão, dormir cedo
Acordar tarde, arroz com feijão, matar a asudade
O Aumento, a casa , o carro que você sempre quiz
ou são os sonhos que te fazem feliz?!
Domir na rede , matar a sede, ler ou viver um romance...

O que faz você feliz
Um lápis, uma letra, uma boa conversa
um cafuné, café com leite, rir à toa
um passaro, um parque, um chafariz
ou será o chorô que te faz feliz?

A pausa pra pensar
Sentir o vento, esquecer o tempo
o céu, o sol, um som
a pessoa ou o lugar...

Agora me diz o que faz você feliz?!!
Anonimo
by Sandra Nunes
A poesia pergunta o que te faz feliz, talvez diga que são os lugares que mais me tem feito feliz neste ultimos anos, são os lugares que contam as minhas histórias.
As pessoas tb tem me feito feliz, mas muitas tb tem me feito muito triste tb....
Ainda fico com os lugares e os seus prazeres e as historias que cada um conserva.
PAX ET BUON

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Fim do Ano

Está chegando o fim do ano. Pra alguns um tempo próspero, cheio de luzes e de compras compulsivas, comárvores de Natal, Papai Noel, presentes, fartura de comida, nozes, passas e outras guloseimas quentes que não combiana em nada com o calor do Verão que se proxima logo em seguida ....

Não tenho como ter raiva desse periodo, mas tenho sim uma raiva dessa mania de achar que natal é apenas uma festa e presentes e comida.

Sei que muitos não acreditam em Deus ou em Cristo, também há os que não acreditam em nada que não seja material ou matematico.... Que visão simplista da vida que essas pessoas tem? Não sei, também não conseguirari aqui dar conta da discução tão ampla.

Pra mim entro no periodo de advento deNatal.. ou no periodo que antecede o nascimento de Cristo, muitos comemoraram o dia de Ação de Graças agora, como também retribuem gestos de carinho e de favores realizados com a famosa frase - Boas Festas! - Que tenha um bom Natal!-

Afinal, o que muitos comemoram neste fim de Ano?

Eu comemoro o renascimento, o poder de renascer no novo ano cristão, de tentar renascer por dentro , de renovar os meus laços pra comigo e para com Deus.

E os Não cristão com Isso?

Não sei nem pq comemoram... e como se comemoracem o Purim, mesmo sem saber o que é e nem o motivo do feriado Judaico.

Tem Cristão hj que não comemora mais o Natal, e reiventaram uma nova data pro Natal, na tentativa de afastar a ideia do consumo e de toda essa bugiganga q compramos de fora - Papai Noel- Neve - comida quentes- .....

Moro numa cidade que pede saladas o ano inteiro, que combina com sucos naturais, com lanches rápidos, com aperitos leves salgadinhos ou levemente agridoce. Com um personagem que ande de prancha de surf ou de skate... leve - sem ser sarado- com roupas muito coloridas- num espirito de Natureza e vegetariano...

Talvez esteja exagerando.... Mas é num bom sentido.

Sobre o Nascimento- nada muda - não importa o tempo e onde ele nasceu- ele mudou toda a Historia do lado ocidental do mundo e fez que muitos e muitos acreditassem no AMOR.

Sou Cristã sim e com orgulho! Comemoro o Natal sem árvore e sem Papai Noel, sem comidas estravagantes e sem ficar esperando presentes.

Faço questão nesta epoca do Ano de lembra de todos, todos mesmo que conheci durante o Ano, sei que muitas vezes acabo esquecendo. Esqueço sou humana .. ainda não consegui me assemelhar ao Pai. Tento .. fazer cartas e cartões a todos na esperança de se fazer lembrar quem andou esquecido ou quem por algum motivo qualquer tenha sido esquecido por mim durante o ano.

Podem me achar doida, mas o melhor presente é o de saber que estamos vivos e que somos amados de alguma forma.

Pax et buon

Que o Senhor Resplandeça seu Rosto sobre e nós dê a Paz!


Que tenhamos todos um mês de Ações de Graça e reconciliação para consoco e para com os nossos. Que tenhamos as semanas de advento repletas de fraternidade.

ELZ


Juanes – Fotografia

Juanes – Fotografia

Cada vez que yo me voy
Llevo a un lado de mi piel
Tus fotografías
Para verlas cada vez
Que tu ausencia me devora entero el corazón
Y yo no tengo remedio más que amarte

Y en la distancia te puedo ver
Cuando tus fotos me siento a ver
Y en las estrellas tus ojos ver
Cuando tus fotos me siento a ver

Cada vez que te busco te vas
Y cada vez que te llamo no estás
Es por eso que debo decir que tú sólo en mis fotos
Estás

Cuando hay un abismo desnudo que se opone entre los dos
Yo me valgo del recuerdo taciturno de tu voz
Y de nuevo siento enfermo este corazón
Que no le queda remedio más que amarte

Y en la distancia te puedo ver
Cuando tus fotos me siento a ver
Y en las estrellas tus ojos ver
Cuando tus fotos me siento a ver

Cada vez que te busco te vas
Y cada vez que te llamo no estás
Es por eso que debo decir que tú sólo en mis fotos
estás

Cada vez que te busco te vas
Y cada vez que te llamo no estás
Es por eso que debo decir que tú sólo en mis fotos
estás

Cada vez que te busco te vas
Y cada vez que te llamo no estás
Es por eso que debo decir que tú sólo en mis fotos
estás



Juanes - Fotografia (tradução) Juanes (nelly Furtado)

Cada vez que eu me vou
Levo junto da minha pele
Suas fotografias
Para vê-las cada vez
Que a tua ausência Vem devorar o meu coração
E eu não tenho outro remédio, senão amar-te...

E na distancia eu posso te ver
Quando tuas fotos me ponho a ver
E nas estrelas seus olhos vêm
Quando tuas fotos me ponho a ver

Cada vez que te procuro, te vais
E cada vez que te chamo não está
É por isso que volto a dizer, que somente em minhas fotos estás

Quando há um abismo profundo que se coloca entre nos dois
Eu me apoio na lembrança silenciosa da tua voz
E novamente sinto doente este coração
Que não tem outro remédio a não ser amar-te

E na distancia eu posso te ver
Quando tuas fotos me ponho a ver
E nas estrelas seus olhos vêm
Quando tuas fotos me ponho a ver

Cada vez que te procuro, te vais
E cada vez que chamo não estás
É por isso que volto a dizer
Que tu só nas minhas fotos estás..

Cada vez que te procuro, te vais
E cada vez que chamo não estás
É por isso que volto a dizer
Que tu só nas minhas fotos estás.

Cada vez que te procuro, te vais
E cada vez que chamo não estás
É por isso que volto a dizer
Que tu só nas minhas fotos estás..
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...